segunda-feira, 11 de abril de 2011

Classificação do Galo: Mais que obrigação




Após uma semana conturbada e vergonhosa, acompanhamos ontem a vitória diante de um fraco adversário. Algo o que comemorar? Apenas a classificação antecipada, o que pela grandeza do Clube Atlético Mineiro não fizemos mais do que nossa obrigação. Mesmo com um placar magro de 2 a 0, ainda podemos prever muito trabalho e preocupações pela frente. Que o elenco precisa de pelo menos 4 reforços de ponta, não nos resta dúvida. Foi preciso que o jogador mais questionado pela torcida saísse do banco para resolver nosso problema, ou seja, Ricardo Bueno nos deu a vitória diante da Caldense. Espanto? Sim. Vejam como as coisas estão invertidas neste momento que estamos vivendo. Perdemos apenas dois jogos neste ano, o suficiente para nos eliminar precocemente da Copa do Brasil e nos deixar a beira de uma crise.

Pois bem, sobre o jogo de ontem, prefiro não comentar a atuação do time no sonolento primeiro tempo. Reafirmo: Deu sono. Mesmo com um jogador a mais continuamos sem poder de fogo e criatividade no meio campo. Até que, com a entrada do “pesado” Daniel Carvalho melhoramos o toque de bola e a objetividade em campo, porém muito longe de um Galo que quer brigar por títulos. Destaco os jovens Bernard e Felipe Soutto que estão vestindo e suando a camisa do Atlético, mostrando também personalidade e bom toque de bola. Continuo NÃO acreditando no rendimento do sofrível Rafael Cruz (credo), Serginho e Jackson (um pouco mais esforçado). Já mostraram que no momento não merecem vestir nossa camisa. Com a chegada de Dudu Cearense e o retorno do Richarlyson, o prêmio para eles será o banco de reserva.

A vitória de ontem fica na conta da superação e esforço dos jogadores mais experientes como Réver, Leonardo Silva, Daniel Carvalho, Magno Alves e do comandaante Dorival Junior. Estes sim (momentaneamente) estão merecendo mais um voto de confiança!

Postado por @VictorNassif

0 comentários:

Postar um comentário